<META content="MSHTML 6.00.2900.2604" name=GENERATOR><link rel="openid.server" href="http://www.blogger.com/openid-server.g" /> <!-- --><style type="text/css">@import url(http://www.blogger.com/static/v1/v-css/navbar/697174003-classic.css); div.b-mobile {display:none;} </style> <!-- --><style type="text/css">@import url(https://www.blogger.com/static/v1/v-css/navbar/3334278262-classic.css); div.b-mobile {display:none;} </style> </HEAD><!-- --></head><BODY><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d724954882693773146\x26blogName\x3dMaricota+amor+perfeito\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://maricotaamorperfeito.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://maricotaamorperfeito.blogspot.com/\x26vt\x3d4363314799310964676', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener("load", function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <iframe src="http://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID=20017605&amp;blogName=Filhos+%C3%A9+uma+heran%C3%A7a+do+Senhor+%21&amp;publishMode=PUBLISH_MODE_BLOGSPOT&amp;navbarType=BLUE&amp;layoutType=CLASSIC&amp;searchRoot=http%3A%2F%2Fofofodemamae.blogspot.com%2Fsearch&amp;blogLocale=pt_BR&amp;homepageUrl=http%3A%2F%2Fofofodemamae.blogspot.com%2F" marginwidth="0" marginheight="0" scrolling="no" frameborder="0" height="30px" width="100%" id="navbar-iframe" allowtransparency="true" title="Blogger Navigation and Search"></iframe> <div></div>
sábado, 27 de março de 2010 - 12:46
SOFIA NASCEU!!!

Com titia babando...
Sou esperta gente!!!!

Maricota escreveu a msg, a mamãe ditando... mamaãe só ajudou no "S" que estava difícil...rs


Não sou linda e fofa?

NASCEU SOFIA!!!

Post mais que especial para dizer para vcs que minha sobrinha Sofia nasceu! Para quem não sabe, tenho uma única irmã, mais nova, de modo que estreei como tia agora...rsrsrs... ela nasceu na quinta, 25/03, em Recife, pesando 3.035 gramas e medindo 50 cm. Minha irmã, que é ginecologista e obstetra, (e corajosa), deu bom exemplo às pacientes dela e Sofia veio ao mundo de parto normal, após cerca de 08 horas de trabalho de parto (sendo algumas horas com analgesia). Mãe e bb estão muito bem, graças a Deus. Pude constatar a enorme diferença entre o PN e a cesariana...rs... enquanto eu, com 48h de pós parto da Maricota, me "arrastava" ainda, segurando a barriga e sentia dores, minha irmã veio para casa menos de 24 horas depois, e até cogitou de ela própria de vir dirigindo...rs...é pq ninguém deixou... em casa, faz tudo, abaixa, levanta, carrega coisas pra lá e pra cá e cuida o tempo todo de Sofia... segundo ela: "pariu, lavou, tá novo"...rsrs... mas eu não confio muito em palavra de médico...rsrs... brincadeirinha... mas deixo o PN para as bravas e corajosas, as quais têm toda minha admiração. De toda forma, Maricota estava sentada, posição pélvica, péssima pra PN e foi a desculpa que eu queria...rsrsrs... mas admiro muito quem encara...




Bom, agora vejam umas fotinhas do mais novo membro da família!!!




Beijos... Alek.



Ás 12:46
|



quarta-feira, 17 de março de 2010 - 04:56


Chá das princesas!!!


Oi amigas...




Tirando a poeira deste cantinho...bom, minhas férias acabaram, e com elas, a vida de "dolce far niente"... voltei ao "lerê, lerê", à correria, a levar marmita pronta para comer no trabalho, enfim, voltei ao chicote no lombo...rs... não é que eu não goste de trabalhar. Gosto sim. Me faz bem, me sinto produtiva, e me remunera, e este último é a melhor parte...rs (mesmo não sendo lá essas coisas o salário...rsrs), mas confesso que às vezes sinto falta de ficar mais em casa, me dedicar mais à Mariana, David, à minha casa em si. Poder fazer compras no supermercado sem olhar no relógio a cada 10 minutos, poder acordar um pouco mais tarde, poder levar Mariana no ballet, na escola, poder bater papo com as outras mães na escola enquanto espero a aulinha dela acabar, poder ir ao shopping no meio da tarde ou simplesmente ficar em casa, vendo uma série de TV favorita...rs... são coisas que no meu dia a dia são "meros devaneios tolos" como diz a música...rsrs. Eu trabalho das 11h00 às 18h00 ininterruptamente, então tenho que me virar para fazer tudo que eu precisar até às 10h30, ou seja, quase nada.


Também não sei se eu conseguiriria ficar sem trabalhar fora por muito tempo, pois fico agoniada muito tempo dentro de casa. Pendores domésticos, confesso, não tenho nenhum...rs... detesto cozinhar, fazer arrumação e similares. Essa história de ficar em casa arrumada e cheirosa fazendo jantar de maridex, não é pra mim... então, meu sonho de consumo, na verdade, é laborar só meio período, tipos até meio dia, ou só à tarde (bobinha eu né? A torcida do flamengo tbem quer trabalhar assim...rsrsrs), mas falando sério, acho que é o horário ideal pra quem tem filhos ainda pequenos e ainda assim quer ter um salário pra chamar de seu. Um half period.


Bom, enquanto meu sonho não se realiza... vou sonhando assim mesmo!!!


Aqui estamos bem, tivemos virose, (Mariana, eu e David, nessa ordem), mas já nos recuperamos! Mariana anda fazendo drama para não ir para a escola, diz que está com sono, cansada, enfim, espero que seja só uma fase. Agora todos os dias tem atividades, tarefa para casa, livros, acho que ela está estranhando um pouco. Já escreve o o nome dela e consegue ler palavinhas simples, se for em letra de forma. Mamãe está orgulhosa!!!


Recentemente ela e duas amiguinhas (Gabriela e Elisa) fizeram um "chá de bonecas" aqui em casa. Se divertiram muito, não brigaram, e nós, as mamães conversamos a tarde toda!!! Muito legal!!




Bom amigas, vou indo. Beijos pra todas!!!!





Ás 04:56
|



domingo, 7 de março de 2010 - 18:21

08 DE MARÇO - FELIZ DIA DA MULHER!!!

Oi mulheres amigas queridas!!!!

Desejo a todas vcs um feliz dia da mulher... achei esse texto muito bom, da jornalista Martha Medeiros. Me identifiquei bastante com ele e acho que toda mulher se identifica pelo menos um pouco , por isso posto-o aqui.


'Eu não sirvo de exemplo para nada, mas, se você quer saber se isso é possível, me ofereço como piloto de testes. Sou a Miss Imperfeita, muito prazer. A imperfeita que faz tudo o que precisa fazer, como boa profissional, mãe, filha e mulher que também sou: trabalho todos os dias, ganho minha grana, vou ao supermercado, decido o cardápio das refeições, cuido dos filhos, marido (se tiver), telefono sempre para minha mãe, procuro minhas amigas, namoro, viajo, vou ao cinema, pago minhas contas, respondo a toneladas de e mails, faço revisões no dentista, mamografia, caminho meia hora diariamente, compro flores para casa, providencio os consertos domésticos e ainda faço as unhas e depilação!

E, entre uma coisa e outra, leio livros..

Portanto, sou ocupada, mas não uma workaholic.

Por mais disciplinada e responsável que eu seja, aprendi duas coisinhas que operam milagres.

Primeiro: a dizer NÃO.

Segundo: a não sentir um pingo de culpa por dizer NÃO. Culpa por nada, aliás.

Existe a Coca Zero, o Fome Zero, o Recruta Zero. Pois inclua na sua lista a Culpa Zero.

Quando você nasceu, nenhum profeta adentrou a sala da maternidade e lhe apontou o dedo dizendo que a partir daquele momento você seria modelo para os outros.

Seu pai e sua mãe, acredite, não tiveram essa expectativa: tudo o que desejaram é que você não chorasse muito durante as madrugadas e mamasse direitinho.

Você não é Nossa Senhora.

Você é, humildemente, uma mulher.

E, se não aprender a delegar, a priorizar e a se divertir, bye-bye vida interessante. Porque vida interessante não é ter a agenda lotada, não é ser sempre politicamente correta, não é topar qualquer projeto por dinheiro, não é atender a todos e criar para si a falsa impressão de ser indispensável. É ter tempo.

Tempo para fazer nada.

Tempo para fazer tudo.

Tempo para dançar sozinha na sala.

Tempo para bisbilhotar uma loja de discos.

Tempo para sumir dois dias com seu amor..

Três dias.

Cinco dias!

Tempo para uma massagem.

Tempo para ver a novela.

Tempo para receber aquela sua amiga que é consultora de produtos de beleza.

Tempo para fazer um trabalho voluntário.

Tempo para procurar um abajur novo para seu quarto.

Tempo para conhecer outras pessoas.

Voltar a estudar.

Para engravidar.

Tempo para escrever um livro que você nem sabe se um dia será editado.

Tempo, principalmente, para descobrir que você pode ser perfeitamente organizada e profissional sem deixar de existir.

Porque nossa existência não é contabilizada por um relógio de ponto ou pela quantidade de memorandos virtuais que atolam nossa caixa postal.

Existir, a que será que se destina?

Destina-se a ter o tempo a favor, e não contra.

A mulher moderna anda muito antiga. Acredita que, se não for super, se não for mega, se não for uma executiva ISO 9000, não será bem avaliada. Está tentando provar não-sei-o-quê para não-sei-quem.

Precisa respeitar o mosaico de si mesma, privilegiar cada pedacinho de si.

Se o trabalho é um pedação de sua vida, ótimo!

Nada é mais elegante, charmoso e inteligente do que ser independente.
Mulher que se sustenta fica muito mais sexy e muito mais livre para ir e vir. Desde que lembre de separar alguns bons momentos da semana para usufruir essa independência, senão é escravidão, a mesma que nos mantinha trancafiadas em casa, espiando a vida pela janela.

Desacelerar tem um custo. Talvez seja preciso esquecer a bolsa Prada, o hotel decorado pelo Philippe Starck e o batom da M.A.C.
Mas, se você precisa vender a alma ao diabo para ter tudo isso, francamente, está precisando rever seus valores.

E descobrir que uma bolsa de palha, uma pousadinha rústica à beira-mar e o rosto lavado (ok, esqueça o rosto lavado) podem ser prazeres cinco estrelas e nos dar uma nova perspectiva sobre o que é, afinal, uma vida interessante'


Martha Medeiros - Jornalista e escritora



Ás 18:21
|



sexta-feira, 5 de março de 2010 - 17:43













Oi amigas... passando só pra postar umas fotos de Mariana no ballet... foi sua estreia e ela amou... ainda está pegando jeito pra coisa...rs... muito fofa!!!

Ela está me saindo com cada pérola de arrancar risos e mais risos... ela anda muito precoce pro meu gosto...rsrs... olha as últimas:



"Mamãe, não quero ser adolescente (!!!), porque fica com a cara cheia de espinhas e espinha é muito feio"...

"Mamãe, não quero ter filhos porque dói muito pra cortar a barriga e tirar o bebê, vou casar e ficar só namorando"... pode???

"Cocô é muito nojento, como ele entra dentro de mim mamãe?" (fazendo a maior cara de nojo imagiando as possibilidades)...kkk

"Vovó, saia da sala, esse programa que estou assistindo não é para pessoas idosas" (aff... entrou aqui uma lição sobre respeitar os mais velhos e blá, blá, blá)

" Mamãe, papai é juiz? Sim filha, ele é. Ah, então ele trabalha dizendo quem ganhou nos desfiles e nas fantasias de carnaval mais bonitas?? (kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk).

"O que é uma pessoa chique? E eu sou chique?"

"Mamãe eu sou rica ou sou pobre? Eu falei, vc é classe média filha. E ela, "média rica ou média pobre"? rs,rs,rs,...
E por aí vai...
Beijos....













Ás 17:43
|